Dicas e Regulagens de Som Automotivo:

Abaixo umas dicas para Regulagem do seu som, porém você tem que ver os textos e vídeos abaixo para entender como funciona e poder regular à seu gosto!

Então o primeiro passo é olhar atentamente todo esse vídeo sobre frequências e falantes:
http://www.youtube.com/watch?v=rankVEVi3Mg

 

Esse vídeo ensina que quanto mais pesado ou maior, mais lento e mais sub, e quanto mais leve ou menor, mais voz, mais rápido... e tem os meio termos, e falantes projetados pra serem mistos mesmo de tamanho maior ou menor!

dB´s / Decibel - Clique Aqui para aprender sobre dB´s e Eficiência dos Alto-Falantes!

Filtros
Qualquer dispositivo que modifique o sinal de audio, como crossover e equalizador.

Filtro Passa Alta (Hi-Pass) e Passa Baixa (Low-Pass): Permitem a passagem de audio acima ou abaixo de uma determinada frequencia, chamada frequencia de corte ou sintonia.

Slope: A força com que é feito o corte, mostrada em “dB/Oitava ~ dB8ª” , é a quantidade de decibeis atenuados a cada oitava alem da frequencia de corte. Normalmente é referido por seu numero de “ordem”, sendo cada ordem equivalente à 6 dB/8va, e quanto maior a ordem do filtro, mais preciso o corte (menos db´s deixará passar abaixo ou acima do corte feito). Os crossovers automotivos normalmente são de 12dB´s mas já existem alguns de 24dB´s/8va ou mais no mercado.

 

Iniciando os Cortes no “CD Player”


1º veja o vídeo http://www.youtube.com/watch?v=m4staivdp8w

 

Este vídeo mostra um CD Pioneer, como fazer o corte na saída SUB e também o HPF da saída FRONT/REAR , que é um corte principalmente pra woofer, é um corte que diz onde COMEÇA a tocar.. Normalmente de 50hz em diante pq pra “FORA” frequências abaixo de 50hz não rendem db´s altos, então normalmente em som automotivo de ambiente aberto é recomendável cortes de 50hz pra cima!

Então o corte do CD, quanto maior (50,63,80,100hz, ) mais firme , menos o cone pula, mais firme fica e mais potência o falante vai aguentar, porém menos extenso fica o grave! Normalmente pra falantes de SUB+GRAVE de 15” ou 18” , indicamos em torno de 50 à 63hz e para os falantes de 12” ou menos polegadas, em media de 63 a 120hz de corte, lembrando que dependende muito do “estilo musical” para fazer o corte, ou seja, músicas de sub-grave extenso se usa corte baixo perto de 50hz e músicas de pankadão cortes acima de 80hz. Lembrando que, você pode “Combinar” os cortes do CD+AMPLIFICADOR+CROSSOVER, assim você somará os dB´s de todos eles, só tem que cuidar para não ficar muito firme tirando a qualidade do grave.

 

Cortes no “Amplificador”


Subsonico ou HP (HiPass) = É o corte de onde começa a tocar, na maioria dos amplificadores, indicamos usar em média de 40hz ou mais, pois em alguns casos se não atenuar este corte o cone do falante pode saltar demais, rasgando o cone ou centragem, e rendendo menos som. Normalmente em som automotivo, para sub-grave é usado de 40 à 60hz, depende do falante, então para falantes mais firmes, racha som, indicamos de 60 a 80hz no corte do Amp, lembrando que ainda temos o corte do CD Player, então os DOIS juntos, fica um corte mais forte ainda!

Low Pass = Pra ficar fácil entender é o Filtro que “solta voz ao falante”, ou seja, até onde ele chega, APESAR dos falantes no parâmetro dizerem que chegam à 1000,2000hz, NÃO SIGNIFICA que é pra usar isso!! Normalmente falantes de GRAVE + SUB, são feitos para serem cortados no LP até uns 125~250hz pois se vibrarem mais de 200~300 vezes por segundo, não vão render e aguentar tanta potencia! Já os falantes projetados para pankadão, pode se cortar no LP até uns 400 à 800hz máximos, dependendo do tipo de falante! Porém se for falante para médio-grave já se pode soltar até 1200~2000hz ou mais, dependendo do tipo de falante. Mas em resumo, quanto mais FREQUENCIA você soltar no falante, mais “coisas” pra ele tocar ao mesmo tempo e não vai aguentar tanto RMS.. fica a dica!

Cortes no “Crossover” :

' Os Crossovers são basicamente divisores de frequencia, eles divedem o sinal em partes, de acordo com a quantidade de vias. Normalmente as vias são divididas em Grave, Médio-Grave e Médio-Agudo, (Sub,MG, Drive,Tw). Existem os passivos e ativos, os passivos são simples divisores de frequencia como capacitores, e os ativos são os ligados na energia, digitais ou analogicos. Os Crossovers Automotivos normalmente são de 12dB´s 8va, porém estão produzindo versões com 24db´s 8va, ou seja, a Potência do corte é maior, pra você entender melhor, um corte 12db´s à 1.000hz, deixa passar um pouco de 900, 800hz,700hz (com menos db´s), já um corte 24db´s, não deixa passar quase nada abaixo de seu corte, então se vc corta 1000hz, não deixa passar quase nada abaixo disso! Essa potência de corte 24db é melhor mesmo para drivers e MG´s mais sensíveis, ajuda-os a aguentar mais, e ter mais qualidade, já nos woofers, eles ficam mais firmes no grave!

Normalmente em sons profissionais tem 03 vias:

1ª via = Sub+Graves, normalmente pra woofer, do tipo live, tornado, sds, falantes para tocar tanto sub extenso como grave pouco mais firme, recomendamos entre 50 a 60hz de corte inicial à 125~250hz de corte final, ou seja até onde o mesmo chegaria.
* CASO NÃO TIVER Médiograve, pode-se usar o falante de graves até uns 300~500hz dependendo do tipo de falante, porém não terá a qualidade de um sistema 3 vias!

2ª via = Médio grave, é o falante que fica entre o sub e a corneta, ou seja, voz encorpada, batuques, ajuda muito em violão, guitarra, vibrações, ou seja aumenta principalmente a qualidade do som, são normalmente falantes leves, de 6” à 12” , que normalmente é usado cortes de 125hz à 250hz, começando de onde termina a 1ª via, e terminando onde começa a corneta, normalmente 1200, 2000hz..

3ª via = Médio-Agudo, são os drivers Titânio, ou os driver fenólicos+Tweeters! Quanto se tem médio-grave normalmente usamos os drivers depois dos MG, ou seja, se o MG vai ate 1200hz, então cortamos os drivers de 1200hz pra cima!

É Importante não fazer 2 falantes DIFERENTES tocarem a MESMA frequência, pois pode haver cancelamentos de fase e cair o rendimento, por isso indicamos acima um falante começar onde termina o outro!


Equalização:


Equalizar é equilibrar. Portanto, quando se equaliza um determinado som ou instrumento, estamos buscando o seu equilíbrio tonal. Porém, quando o som é seu, normalmente você procura equalizar à seu gosto, alguns atenuam mais sub, mais médio, mais agudo, à gosto, porém em sons profissionais, como danceterias, normalmente se tenta chegar à um bom equilíbrio em todas as frequências úteis!

Com o equalizador você criar ou tirar o foco de algum instrumento, frequência, realçar elementos importantes, etc. O EQ pode ajudar a reparar gravações ruins e um ajuste correto pode faze-la soar melhor.

Os equalizadores são divididos em Bandas, e cada banda é uma frequência de atenuação, então quanto mais bandas, mais opções de regulagens você terá! Normalmente são divididos em toda a resposta útil de 20hz à 20Khz, por exemplo, um equalizador de 10 bandas, você pegará de 20hz à 20Khz e divide em 10 faixas, porém os CD´s Players normalmente só tem de 3 a 6 bandas, ou seja, poucas opções de equalização.

A equalização as vezes se torna algo muito pessoal, normalmente indicamos usar FLAT (Tudo plano), depois fazer os cortes no CD e Crossover, e só depois fazer a equalização no CD, caso tiver e no Equalizador. Ai, depois de regulado os volumes de cada VIA, que a gente indica equalizar a gosto, mas CUIDADO pois cada 3 DB´s é o dobro da pressão, então 1db já dá uma diferença, não indicamos então atenuar com muita diferença entre as bandas!

 

Distorção


Para evitar QUEIMAS do som, a dica é nunca SATURAR o modulo/amplificador em cima do falante, ou seja, quando o som estiver 100%, abaixe, nunca deixe 100% por muito tempo ou vai queimar os falantes, o certo é aumentar até o máximo e quando chegar à um volume, que mesmo se aumentar não sai mais som, é por que já estava no máximo, e para não forçar o amp à dar distorção, tente deixa-lo abaixo de 100%. Se o mesmo tiver LED DE CLIP, (CLIP em Inglês = DISTORCAO) , então nunca deixe esta luz de CLIP acender que não terá problemas com torras de bobina!

Uma dica boa é usar o equipamento conhecido como “Controle Anti CLIP” da marca JFA ELETRONICOS , que você poderá programar o máximo , e quando alguma musica, gravada mais alta, for reproduzida, o mesmo abaixará o volume para evitar a queima!

Dicas Gerais
Escolha uma musica que tenha bastante frequências, pode ser eletrônica, ou uma que você escuta sempre!

Baixe o programa MP3 GAIN (no google você acha vários links pra baixa-lo )! Com ele você pode deixar todas músicas do pendrive com o dB parecido! Evitando a queima dos falantes quando você deixa o amplificador próximo de 100% e vem uma música gravada mais alta, queimando os falantes.

Normalmente, a gente deixa todos os volumes dos amplificadores no mínimo, e regula de um em um, ou seja, 1º o grave, 2º MG, 3º cornetas, e se tiver crossover, vc poderá “Matar” todas as vias, e regular uma por uma!

Após todas vias reguladas independente, você poderá ligar todas juntas e dai, se alguma estiver muito Alta das demais, abaixa-la para ficar uma resposta mais plana, de mais qualidade!

 

Texto: Fábio Bonatti